Nº 300 / 17  Ter, 18 Dez 2001


Basquetebol » Taca Saporta

Digam lá... 37

SÉRGIO ANDRÉ, enviado especial a Lugano (Suíça)


A Portugal Telecom chegou ontem ao princípio da tarde à Suíça e defronta esta noite, às 20h30 locais (19h30 em Portugal), o Lugano, numa partida que poderá clarificar a sua situação no grupo. E que jeito daria uma cópia do jogo da primeira volta...

Repitam o jogo da primeira volta e não se esqueçam de dizer outra vez... 37. Esta deverá ser a frase chave do discurso de Luís Magalhães para os seus jogadores. Com efeito, na primeira jornada da competição a Portugal Telecom "despachou" os suíços do Lugano por 115-78 (37 pontos de diferença!). Face ao que se passou nessa partida não parece excessivo que o treinador da equipa portuguesa mantenha um discurso optimista em relação ao encontro desta noite (20h30 locais). Portugal Telecom e Lugano voltam a esgrimir argumentos num tira-teimas que poderá ser determinante para o futuro das equipas.

Apenas com uma vitória no grupo, as equipas partem com a firme convicção de que esta partida poderá ditar o afastamento quase irremediável de uma delas da próxima fase da competição. A Portugal Telecom leva uma ligeira vantagem devido ao triunfo conquistado em Almada sobre o adversário desta noite. No entanto, os números podem ser facilmente contrariados ao pensar-se que o Lugano venceu na última jornada um dos principais candidatos a ultrapassar esta fase da prova, o Estrasburgo.

Já sem James Havrilla, que chegou a acordo com o clube para rescindir (no seu lugar veio Miguel Salvador), a equipa de Luís Magalhães tentará atrasar a conhecida precisão do relógio suíço e embalar de forma decidida para o que resta da competição. E em termos meramente teóricos apresenta-se com um calendário acessível, pois excepção feita ao jogo contra o Estrasburgo, os restantes adversários terão de deslocar-se a Almada para aí discutirem o apuramento com a equipa portuguesa.

Mas, esta noite, todos os cuidados são poucos diante de uma equipa reformulada ou que sofreu alguns reajustamentos. O Lugano, aparentemente o conjunto menos dotada do grupo, reforçou-se nos últimos tempos e apresenta-se agora muito mais competitivo. O primeiro sinal foi dado frente à equipa francesa, na última ronda, e por se tratar de um jogo com caracter decisivo, frente a um adversário directo, tentará conquistar o seu segundo triunfo deixando a Portugal Telecom no derradeiro lugar do grupo.

Os norte-americanos, Rashid Atkins (marcou 27 pontos em Almada) e Ronnie Winbush fizeram mais cedo as malas, o mesmo acontecendo em relação ao ucraniano, Bogdan Karebin. Nesta altura, as atenções estão centradas em Peter Lisicky (norte-americano) e Damir Tvrdic (croata), jogadores que integraram a equipa já com a competição em curso e que se assumem agora como principais referências do emblema suíço, obviamente sem esquecer o outro norte-americano, Abdul Fox.

Vinda de uma derrota na Liga portuguesa, anteontem, contra o Queluz, a Portugal Telecom tem esta noite uma oportunidade soberana para se reencontrar com as vitórias e sorrir no imenso mar de indefinições que constitui o grupo A da Taça Saporta.


18-12-2001
 

Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida sem a
permissão prévia da Jornalinveste.




Publicidade:  contacte-nos

Os textos, fotografias, gráficos e materiais audio e/ou vídeo
da Associated Press não poderão ser publicados, emitidos, 
reescritos, a fim de serem emitidos ou publicados ou
redistribuídos, directa ou indirectamente, em qualquer meio
de comunicação. É proibido o armazenamento em
computador destes materiais ou de partes dos mesmos,
salvo para fins pessoais ou não comerciais.


Este site foi optimizado para as versões 4.0 ou superior
dos browsers Netscape Navigator ou Microsoft Internet Explorer
a uma resolução de 800x600.
Do ''''derby''''e para o pavilhão Luís Magalhães apela à união
Luís Magalhães apela à união

Basquetebol
NBA
Wizards embalados