Nº 300 / 17  Ter, 18 Dez 2001


Figo Melhor Jogador do Mundo

Figo:

"Estou feliz por ter sido um português a ganhar"

O passaporte do melhor jogador do Mundo esteve em quase todos os seus comentários ao prémio que acabara de ganhar. "Tenho orgulho no meu país", disse ele. Mas as referências a Eusébio também não deixaram de o importunar, como se a comparação fosse o único motivo de conversa


O melhor jogador do Mundo é também o mais requisitado, logo que desce o primeiro degrau do palco, encarando as câmaras, os microfones; enfim, encarando as consequências da glória e os seus privilégios. E Figo teve consciência imediata deles, provavelmente porque há muito tinha pensado dizer o que disse - se calhar já no ano passado, na preparação da vitória que escapou. Ainda no palco, nos segundos que lhe deram para legendar o prémio, lembrou a selecção portuguesa, embora o tenha dito em espanhol (mas, afinal, não havia tradutores de português na cabina dos intérpretes). Depois, nas entrevistas aos repelões, impossíveis de controlar quer por quem pergunta quer por quem responde, Figo deixou a sua mensagem, sempre com muito Portugal entrançado nas palavras. "As características do futebol português são as minhas. Acima de tudo, estou feliz por ter sido um português a conseguir este troféu", disse, aos estrangeiros frenéticos que lhe barraram o caminho de meio em meio metro.

Teve que afastar também as picuínhices espanholas, ainda dormentes pela derrota de Raúl e ansiosas por pedir emprestado algum brilho que ficasse bem ao avançado madrileno. "Parte deste troféu corresponde a Raúl, claro. Ele, Beckham e tantos outros que não estiveram cá mereciam-no tanto como eu", assentia Figo, a quem ontem bem podia ser pedida tonelada e meia de paciência. Ontem, havia de sobra. "Ajuda bastante estar numa equipa como o Real Madrid, que é a melhor do Mundo. Todos os meus companheiros foram importantes, não só os do meu clube como também os da selecção portuguesa". Fez referências destas, ao jeito de notas de rodapé para que ninguém esquecesse a mensagem, uma dezena de vezes. "O futebol português fez progressos fantásticos nos últimos anos e eu estou feliz por poder dizer que tem muitos jovens jogadores de qualidade a despontar. Orgulho-me muito do meu país por isso". Coisas assim.
 

"Somos pequeninos mas no que respeita ao futebol temos grandes capacidades"


Mas os portugueses ficaram quase para o fim. Quase, porque houve ainda uma última investida dos castelhanos, um pouco à imagem de Martim Moniz. (Ficou Figo entalado na porta, sentindo já os seis graus negativos do fim de tarde em Zurique, enquanto um dirigente do Real o puxava por um braço, com medo das constipações). "O facto de ser português e de saber como é difícil para um jogador do meu país chegar a este prémio duplica-lhe o valor e a minha felicidade por o ter conseguido", justificou-se o herói nacional, pondo a nu a sua estratégia, embora diante dos seus. "Somos pequeninos mas no que respeita ao futebol temos grandes capacidades". É claro que também há manias portuguesas, como aquelas perguntas recorrentes a respeito da vitória no campeonato do Mundo que vem.

No entanto, a mais incómoda de todas as acepções, para Figo, terá sido, com certeza, o casamento que lhe fizeram com Eusébio, ainda no palco e pela boca de Sepp Blatter ("Figo é o mais destacado futebolista do seu país desde o lendário", etc, etc). Ouviu a mesma pergunta, ou versões dela, uma dezena de vezes e respondeu sempre da mesma maneira. "Ninguém se pode comparar com Eusébio. Qualquer comparação que se faça está errada, porque naquele tempo havia um determinado tipo de futebol e hoje há outro. Não é benéfico nem para um nem para outro. Como referência, o Eusébio merece-me todo o respeito".


18-12-2001


Outros artigos em: Figo Melhor Jogador do Mundo

Mia Hamm é a primeira "futebolista do ano"

 

Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida sem a
permissão prévia da Jornalinveste.




Publicidade:  contacte-nos

Os textos, fotografias, gráficos e materiais audio e/ou vídeo
da Associated Press não poderão ser publicados, emitidos, 
reescritos, a fim de serem emitidos ou publicados ou
redistribuídos, directa ou indirectamente, em qualquer meio
de comunicação. É proibido o armazenamento em
computador destes materiais ou de partes dos mesmos,
salvo para fins pessoais ou não comerciais.


Este site foi optimizado para as versões 4.0 ou superior
dos browsers Netscape Navigator ou Microsoft Internet Explorer
a uma resolução de 800x600.
O melhor do Mundo Reacções
O melhor do Mundo

Reacções

Os melhores de sempre