Pesquisar
:: Últimas Notícias :: Fotos do Dia :: Estádios  
Menu
Em Directo
Comunidade
Votação
Cada um dos dez estádios, o International Media Center, os centros de treino, das selecções nacionais e dos árbitros, vão contar com um posto médico avançado
Fernando Veludo/PÚBLICO

Euro conta com meios do INEM para as áreas da saúde
O ministério da Saúde já reservou o seu lugar nas competições do Euro 2004. Cumpriu-se assim, ontem, a assinatura do protocolo que permite a assistência no âmbito da emergência médica pré-hospitalar, durante o Europeu de futebol.

O protocolo de cooperação entre a sociedade Euro 2004 e o Instituto Nacional de Emergência Médica, foi assinado pelos seus mais altos representantes, Gilberto Madail e Luís Cunha Ribeiro, respectivamente.

E porque a saúde é parte essencial para o Euro, dentro e fora dos estádios, nas estradas e a todos os grupos de adeptos e organizadores, foram alocados meios financeiros elevados e humanos, pelo melhor equipamento e prestação de serviços, nos cuidados de emergência médica, frisou o ministro adjunto do primeiro-ministro, José Luís Arnaut.

O sistema que o ministério da Saúde desenvolveu e adjudicou ao INEM, compreende uma rede de médicos, enfermeiros e técnicos, num total de 200 especialistas, destacados para cada estádio, enquanto decorre um jogo. A nossa missão é esperar o inesperado, adiantou Luís Cunha Ribeiro e instou que o país tem, na área da saúde da emergência, uma capacidade de resposta muito forte.

Cada um dos dez estádios, o International Media Center (IMC), os centros de treino, das selecções nacionais e dos árbitros, vão contar com um posto médico avançado localizado no exterior e vários postos médicos, dentro dos estádios.

Sendo o público assistente uma das prioridades da assistência médica de emergência, o ministro da Saúde, Luís Filipe Pereira, adiantou que dada a influência climatérica e as diferenças alimentares, serão distribuídos folhetos, em sete idiomas, com o intuito de evitar problemas de maior, principalmente aos visitantes estrangeiros.

Gilberto Madail adiantou ainda que a Ordem do Médicos Dentistas seleccionou 63 centros de medicina dentária, para atendimento permanente. Hospitais e centros de saúde estarão online com as equipas médicas no terreno, que contam ainda com tradutores, fundamentalmente de línguas eslavas, para o apoio aos doentes.

:
25-05-2004
Mascotes
Bolas
Grupo A
Portugal
Grécia
Espanha
Rússia
Grupo B
França
Inglaterra
Croácia
Suíça
Grupo C
Suécia
Itália
Dinamarca
Bulgária
Grupo D
República Checa
Alemanha
Holanda
Letónia
1ª Página O Clix Contactos Disclaimer Clix Shopping Escreva-nos

© 2003-2004 Clixgest. Todos os direitos reservados.