outubro 27, 2007

OS ESPAÇOS NO FIBDA 2007

Hoje já havia PROGRAMA e CATÁLOGO !!!

Apesar de haver PLANTAS do núcleo central (FÓRUM LUÍS DE CAMÕES) em todos os sítios necessários ao bom entendimento dos percursos, há algumas dúvidas na passagem do Piso 0 - o de cima - para o Piso -1, por isso deixamos aqui as plantas, reproduzidas do Programa, com alguns dados acrescentados. E a caixa do Multibanco está um bocado escondida (só quem vai às casas de banho a vê).

A afluência, hoje, 6ª fera, 26 de Outubro, foi menos que mínima. Entre as 18:00h e as 22,30h, passaram pela zona comercial talvez umas 25 pessoas..........

Chamo a atenção do texto de José Carlos Fernandes no Catálogo Geral. Imperdível!!

E AMANHÃ, ENTRE OUTROS AUTORES, HÁ MILO MANARA!!

ATENÇÃO: A BDVOYEUR #2 TEM UM EXTENSO DOSSIER SOBRE A BANDA DESENHADA ERÓTICA ITALIANA QUE AJUDA A PERCEBER E A CONTEXTUALIZAR A EXPOSIÇÃO O CASO ITALIANO !!! - VER NA PLANTA DO PISO -1.

PLANTAFIBDA1.jpg

PLANTAFIBDA2.jpg

Publicado por jmachado em 12:40 AM | Comentários (134) | TrackBack

outubro 25, 2007

ASSINATURAS DO BDjornal DURANTE O FIBDA

Queremos tornar os ASSINANTES do BDjornal num verdadeiro CÍRCULO DE LEITORES DE BANDA DESENHADA.

HAVERÁ NOVIDADES SOBRE ESTE ASSUNTO DEPOIS DO FIBDA!!!

Por agora, estamos a distribuir profusamente, durante o Festival de BD da Amadora, folhetos (AS NOSSAS PÁGINAS AMARELAS), onde convidamos à assinatura do BDj.

FOLHETO FIBDA2007 frente.jpg

FOLHETO FIBDA2007 verso.jpg

FICA AQUI UM AVISO: COLECCIONEM AS NOSSAS PÁGINAS AMARELAS!!!

Publicado por jmachado em 02:16 PM | Comentários (59) | TrackBack

outubro 24, 2007

PRIMEIRO FIM-DE-SEMANA NO FESTIVAL DA BD DA AMADORA 2007

Só hoje me foi possível colocar as imagens do 1º fim-de-semana do FIBDA 2007.

FIBDA07B1.jpg
A Zona Comercial, de onde raramente saí e por isso ainda não deu para fotografar espaços e exposições do resto do Festival.

A inauguração decorreu na Galeria Artur Bual, como é hábito e com o jantar volante da ordem, mas desta vez sem a presença do Presidente Joaquim Moreira Raposo, substituido pelo Vereador da Cultura António Moreira.

No entanto notou-se uma falta gravíssima, comentada, primeiro em surdina e depois em altas vozes: ONDE ESTÁ GERALDES LINO?

Bem, a explicação era simples: o avião onde viajava Geraldes Lino foi, pura e simplesmente desviado para os Açores e por isso ele não pôde estar presente na inauguração do FIBDA, o que acontece pela primeira vez nos últimos 18 anos.
Aos que se preocuparam com a saúde deste nosso companheiro e amigo, não entrem em pânico: Geraldes Lino está de boa saúde e recomenda-se.

Vamos então às imagens:

fdsa1.jpg
fdsA2.jpg
fdsA3.jpg
fdsA4.jpg

Quanto ás novidades da Pedranocharco: PROCUREM AS NOSSAS PÁGINAS AMARELAS !!!

Publicado por jmachado em 06:40 PM | Comentários (195) | TrackBack

outubro 14, 2007

CÁ ESTÁ O BDjornal #20 A SEGUIR PARA ALGUNS PONTOS DE VENDA

BDJ201C.jpg

Do EDITORIAL:

Sai mais tarde que o costume, esta edição do BDjornal. A causa: as férias de Agosto, que desta vez nos afectaram mais que nos dois anos anteriores, parecendo que todos os nossos colaboradores decidiram gozá-las nesse mês. E também a invasão da gráfica com 5 livros para lançar no festival da Amadora. Não é grave, mas aqui ficam as nossas desculpas aos leitores.

E sai também um pouco mais gordo este jornal. Com mais quatro páginas do que a edição anterior. Isto porque matérias sobre o Salão Internacional de Banda Desenhada de Moura, sobre o programa de televisão VerBD, a evocação de Uma Balada do Mar Salgado, de Hugo Pratt, no seu quadragésimo aniversário, e outros textos a propósito da censura na banda desenhada, nos ocuparam mais espaço.

O Salão MouraBD 2007 não foi tratado na edição anterior por não termos lá estado e porque quisemos dar destaque à entrevista com Carlos Rico nas primeiras páginas. Para compreendermos os Salões e Festivais de BD que se vão fazendo, é necessário conhecer os projectos, as opiniões e as perspectivas dos seus principais organizadores, foi o que fizemos já com Nelson Dona (Amadora), Paulo Monteiro (Beja) e agora com Carlos Rico (Moura). O próximo entrevistado será o director do GICAV, que organiza o Salão de Viseu – ver página 60 desta edição. Este Salão encontra-se próximo da morte, já no grave estado de fase terminal por absoluta falta de verbas e onde as encontrar.

Quanto ao programa VerBD, se não chegou a ser uma lufada de ar fresco na televisão portuguesa (o canal 2 da RTP não é propriamente um canal de massas), foi pelo menos uma boa iniciativa que, durante cinco domingos reuniu frente ao pequeno ecrã a maioria dos bedéfilos deste país. O que, convenhamos, rarissimamente se consegue sem ser no Festival da Amadora.

Assim, o texto que Geraldes Lino publicou no seu blogue (http://divulgandobd.blogspot.com), os excertos da discussão que se seguiu e a entrevista com Pedro Vieira Moura e Paulo Seabra, dá-nos uma perspectiva das opiniões que gerou - faltando apenas a discussão no Fórum da Central Comics, que foi importante, porque mais participada - e uma visão da importância que teve esta iniciativa.

Nem toda a gente, actualmente e sobretudo as gerações mais novas, se apercebem da importância que Una Ballata del Mare Salato (desculpem usar o título do original italiano, mas parece-nos mais poético e musical que o de todas as traduções existentes) teve na banda desenhada europeia e não só. Digamos apenas que foi o marco da passagem da banda desenhada do estado juvenil para o adulto. Foi a história, e também o conceito, dado o seu enredo e extensão, que fez começar a pensar a BD como literatura. Marcou uma mudança de estatuto, que ainda hoje provoca discussões acesas acerca do que é, ou deve ser, a banda desenhada.

Depois falamos de CENSURA. Não só aquela que se subentende dos protestos (e exigências de castigos, ou até condenações à morte, etc…) dos muçulmanos contra caricaturas de Maomé, ou o que consideram atentados à sua religião, como toda aquela que é efectivada pelos Estados, com proibição de revistas, retirada das mesmas do mercado, prisão de autores por atentados à “moral pública”, etc… Os Estados, ou melhor, os governos – sejam ditaduras, ou ditas democracias – insistem em controlar questões do foro privado ou da expressão e discussão das ideias, em vez de se dedicarem apenas à administração da “coisa pública”, que deveria ser o seu objectivo.

Chamamos a atenção para a ERRATA, na página 60, onde se emenda um corte acidental havido na publicação do texto de David Soares, A Ilusória Invisibilidade, na edição anterior do BDj, o qual lamentamos.

Também a publicação da BD Monótonos Monólogos de um Vagabundo, de Hugo Teixeira, foi desta vez encurtada para 3 páginas, devido à falta de espaço manifesta da presente edição.

E muito mais matéria desta edição havia aqui a referir. Mas deixámos os destaques de maior importância e convidamos agora o leitor à leitura.

SUMÁRIO

4. ENTREVISTA COM CARLOS RICO, J.Machado-Dias
8. ENTREVISTA COM CIVITELLI, José Carlos Francisco
10. VerBD - UM PROGRAMA DA RTP2, Geraldes Lino
14. ENTREVISTA COM PEDRO MOURA E PAULO SEABRA, Nuno Franco
17. TRÊS CASOS DE POLÍCIA, José Carlos Fernandes
18. A CENSURA VOLTA A ATACAR, Clara Botelho
19. NOVAS CARICATURAS DE MAOMÉ, J.Machado-Dias
20. DICIONÁRIO UNIVERSAL DE BD, Leonardo De Sá
22. OS 40 ANOS DE CORTO MALTESE
24. NOS 40 ANOS D’A BALADA DO MAR SALGADO, João Miguel Lameiras
27. VIÑETAS SOBRE O ATLANTICO, Clara Botelho
28. A SEMANA NEGRA DE GUIJÓN, Sara Figueiredo Costa
29. BD - SEXO, MENTIRAS E FOTOCÓPIAS, Álvaro
31. BD - BRK, Filipe Pina (arg.) e Filipe Andrade (des.)
42. BD - VINGADOR NOCTURNO, Álvaro
46. BD - ZOMBIE MALL
51. MONÓTONOS MONÓLOGOS..., Hugo Teixeira
54. BABINSKY, Pedro Vieira Moura
55. CRÍTICAS e SELOS & QUADRADINHOS, Pedro Cleto
56. BREVES, Clara Botelho
60. ERRATA e XV SALÃO DE VISEU, J.Machado-Dias
61. UM ANO DE BDESENHADA.COM, Nuno Pereira de Sousa
66. COMIC-CON DE SAN DIEGO: EM GRANDE, Clara Botelho
70. JAPON EXPO e MANGÁ, Clara Botelho
72. ANIMAÇÕES DE VERÃO, Luís Salvado
74. NAJI AL-ALI, O HUMOR PELA PAZ, Osvaldo Macedo de Sousa

COLABORAÇÕES – Clara Botelho, Dâmaso Afonso, Geraldes Lino, Gianni Petino, João Miguel Lameiras, José Carlos Fernandes, José Carlos Francisco, Júlio Schneider, Leonardo De Sá, Luís Salvado, Manuel Vaz (NonoImpério), Mário João Marques, Nuno Franco, Nuno Pereira de Sousa, Osvaldo Macedo de Sousa, Pedro Cleto, Pedro Vieira Moura, Sara Figueiredo Costa.

Algumas páginas:

BDJ201B.jpg

BDJ202B.jpg

BDJ203B.jpg

BDJ204B.jpg

BDJ205B.jpg

BDJ206B.jpg

BDJ207B.jpg

E ATENÇÃO: O BDjornal #20 só vai estar, para já em alguns pontos de venda, uma vez que estará em força no Festival da Amadora, com Campanha de Assinaturas, de que daremos conta aqui, durante a semana.

Publicado por jmachado em 09:12 PM | Comentários (55) | TrackBack

outubro 10, 2007

REI - NOVO LIVRO DE ANTÓNIO JORGE GONÇALVES E RUI ZINK

capasREIpr.jpg

REI
um livro de
António Jorge Gonçalves e Rui Zink
328p. Edições ASA.
nas livrarias a partir de Outubro
Para ver o trailer: http://www.youtube.com/watch?v=FJgy-Au197k

SINOPSE

Nuno chega ao Japão em busca de... Não o encontra - antes se desaponta amargamente.
Mas encontra Rei, a baby-gótica que gostava de ser "real girl", e Yukio o guitarrista eléctrico.
Meses mais tarde, Teresa vai à procura do filho, na companhia de Tano, o mestre luso-japonês de artes marciais que foi para Nuno um... Pois.
Uma mãe busca o filho, o filho busca um pai? E isto no arquétipo mesmo da hipercidade do futuro-é-já-hoje? Boa receita para o desastre...
A nossa sorte é que nem sempre os desencontros resultam em maus encontros.

Dez anos depois de A ARTE SUPREMA, também editada pelas Edições Asa (e a reeditar ainda este ano), António Jorge Gonçalves e Rui Zink trazem-nos um novo romance gráfico, poético, triste, feliz, onde o mito de Frankenstein é revisitado a uma nova luz: a de que remendos e enxertos podem, além de criar monstros, salvar vidas.

livrosREI.jpg

Apresentações do livro

REI
de António Jorge Gonçalves e Rui Zink

15 outubro, segunda 18.30h : FNAC CHIADO (apresentação de Mário Laginha)

16 outubro, terça 18h00: FNAC Santa Catarina - Porto

17 outubro, quarta 22h00: FNAC NorteShopping - Porto

19 outubro, sexta 18.30h : FNAC COLOMBO (apresentação de Miguel Vale de Almeida)

Publicado por jmachado em 12:33 PM | Comentários (42) | TrackBack

outubro 08, 2007

APRESENTAÇÃO E PROGRAMA DO 18º FESTIVAL INTERNACIONAL DE BANDA DESENHADA DA AMADORA - 2007

Foi hoje, pelas 15:00h a apresentação do XVIII FIBDA 2007, no Fórum Luís de Camões, na Brandoa - Amadora.

A seguir à Conferência de Imprensa, seguiu-se uma visita ao espaço do núcleo central do Festival, em montagem.

De frisar que os grandes panos que cobrem as fachadas do Forum Luís de Camões, já se encontram colocadas.

cartazfibda07.jpg
O cartaz, de Alain Corbel.

FOTOFIBDA0702.jpg

FOTOFIBDA0703.jpg

FOTOFIBDA0704.jpg

FOTOFIBDA0705.jpg

FOTOFIBDA0706.jpg

FOTOFIBDA0707.jpg

E os textos do Dossier de Imprensa:

A 18ª edição do Festival Internacional de Banda Desenhada da Amadora (FIBDA) abre as portas no dia 19 de Outubro. A Banda Desenhada transforma a Cidade da Amadora na capital portuguesa da BD e no ponto de encontro internacional da banda desenhada em Portugal.

Este ano, o núcleo central do Festival localiza-se, novamente, no Fórum Luís de Camões, na Brandoa. Situa-se a cerca de 5 minutos (de viatura) do CC Colombo e servido por diversas carreiras da LT oriundas da Amadora, Colégio Militar e Benfica.

O tema central da edição 2007 do FIBDA é “Maioridade”. No FIBDA deste ano, realce, para as seguintes mostras: As 10 BD’s do Século; Salazar, Agora na Hora da sua Morte; Astérix e seus Amigos e Alain Corbel, autor do desenho original dos diversos materiais gráficos.
Ainda no que se refere a autores nacionais, o Festival apresenta uma exposição sobre algumas das novidades editoriais.

O FIBDA descentraliza, novamente, exposições por outros equipamentos: Galeria Municipal Artur Bual, Casa Roque Gameiro, Recreios da Amadora e Centro Nacional de Banda Desenhada e Imagem.

O Festival Internacional de Banda Desenhada da Amadora confirma-se, uma vez mais, como o mais consagrado do género em Portugal e um dos mais conceituados a nível internacional.

A presença de autores, exposições, concursos, área comercial, lançamento de novos álbuns, Prémios Nacionais de Banda Desenhada, sessões de autógrafos, debates... faz do FIBDA uma grande Festa da BD!

O “mundo dos quadradinhos” está na Amadora.
Contamos com a vossa colaboração na divulgação do evento.

DATA

O Festival Internacional de Banda Desenhada da Amadora 2007 decorre entre 19 de Outubro e 4 de Novembro.

INAUGURAÇÃO

INAUGURAFIBDA0708.jpg

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO

O horário de funcionamento do 18º Festival Internacional de Banda Desenhada, no núcleo central, será o seguinte:

HORARFIBDA0709.jpg

ACESSO AO FESTIVAL

Na edição de 2007 o acesso às exposições no núcleo central terá as seguintes modalidades:

ACESSOFIBDA0710.jpg

Relativamente às exposições patentes na Galeria Municipal Artur Bual, Centro Nacional de Banda Desenhada e Imagem, Recreios da Amadora e Casa Roque Gameiro, o acesso é gratuito.

ENTREGA DE PRÉMIOS

A cerimónia de entrega de prémios realiza-se no dia 28 de Outubro, pelas 17.30 horas, no Auditório dos Recreios da Amadora. Na ocasião, serão entregues os prémios referentes aos concursos de Ilustração, BD e Cartoon e Prémios Nacionais de Banda Desenhada.

ANIMAÇÃO

À semelhança das edições anteriores, o FIBDA programou um conjunto de actividades: ateliers de cinema de animação e de cores, hora do conto e outras animações, diferenciadas consoante as idades.
No que se refere aos espectáculos musicais, podemos informar que o recinto do Festival vai ser palco de um concerto dos La Vie en Rose (inauguração).
O Comissariado está, ainda, a preparar uma programação de filmes de animação, com a parceria da Casa da Animação, para exibição no auditório do Festival.

PROGRAMA DE EXPOSIÇÕES

O tema central da edição deste ano do Festival é “MAIORIDADE”.
Para a edição deste ano, o FIBDA apresenta as seguintes exposições:

FÓRUM LUÍS DE CAMÕES – Núcleo Central

Piso 0

- Salazar, Agora na Hora da sua Morte: Miguel Rocha e João Paulo Cotrim (Este trabalho foi galardoado na edição passada com os seguintes Prémios Nacionais de BD: Melhor Álbum Português, Melhor Argumento e Melhor Desenho)

- As 10 BD’S do Século XX: 10 primeiras BD’s do projecto 100 BD’s do Século - Little Nemo, Krazy Kat, Tintin, Batman, Spirit, Peanuts, Astérix, Blueberry, Corto Maltese e Maus

- Lápis Viarco

- Concursos BD

Piso -1

- Astérix e seus Amigos: homenagem aos 80 anos de Uderzo

- Alain Corbel

- Roberto Goiriz (Paraguai)

- Sixto Valência (México)

- Centenário de Cardoso Lopes

- Danijel Zezelj: La Mort dans les Yeux

- Mathieu Sapin: Supermurgeman

- Espaço Infantil: Menino Boavida, de Godi e Zidrou; Rosco Le Rouge, de Jean-Louis Marco, Uma Mesa é uma Mesa, de Madalena Matoso (ilustrações) e Isabel Martins (texto) e Pê de Pai, de Bernardo Carvalho (ilustrações) e Isabel Martins (texto) – Menções Honrosas no Prémio Nacional de Ilustração Infantil do IPLB

- Mattioli, Liberatore, Milo Manara e Leone Frollo (exposição para maiores de 18 anos)

- Fábio Zimbres, Ilan Manouach, Warren Craghead, Frédéric Coché e Amy Lee

- Novidades editoriais – autores portugueses: Luís Louro (O Corvo III); Rui Lacas (Obrigado Patrão); Ricardo Cabral (Evereste); Álvaro (Sexo, Mentiras e Fotocópias), Carlos Pedro e Mário Freitas (Super Pig) e Filipe Teixeira, Fernando Dordio Campos e Carlos Geraldes (C.A.O.S.)

Além do Fórum Luís de Camões, as exposições do FIBDA são descentralizadas por outros espaços da Amadora:

GALERIA MUNICIPAL ARTUR BUAL

- Ziraldo

CASA ROQUE GAMEIRO

- Teresa Lima: Prémio Nacional de Ilustração Infantil do IPLB com o livro Histórias de Animais, com texto de Rudyard Kipling

RECREIOS DA AMADORA

- Concurso de Cartoon
- Rui Pimentel
- 18 Cartoonistas do Mundo

CNBDI

- 007, Ordem para Humorar

HORÁRIOS DAS EXPOSIÇÕES:

Núcleo Central
Fórum Luís de Camões
R. Luís Vaz de Camões
Brandoa
2ª, 3ª, 4ª, 5ª feira, domingo e feriado – das 10h às 20h
6ª feira e sábado – das 10h às 23h

Casa Roque Gameiro
Largo 1º de Dezembro
Venteira
21 492 92 35 (telefone)
3ª feira a sábado – das 10h às 12.30h e das 14h às 17.30h
encerra à 2º feira, domingo e feriado

Galeria Municipal Artur Bual
Av. MFA – edifício dos Paços do Concelho
Mina
21 436 90 66 (telefone)
3ª a 6ª feira – das 10h às 12.30h e das 14h às 18h
sábado, domingo e feriado – das 15h às 18h

Centro Nacional de Banda Desenhada e Imagem
Av. do Brasil 52 A
Falagueira
21 499 89 10 (telefone)
2ª a 6ª feiras – das 9.30h às 12.30h e das 14h às 18h
sábado e domingo – das 14h às 19h

Recreios da Amadora
Av. Santos Matos
Venteira
21 492 73 15 (telefone)
3ª feira a domingo – das 14h às 17.30h
encerra à 2ª feira

AUTORES PRESENTES NO FIBDA 2007

1º fim-de-semana

Ziraldo
Ilan Manouach
Achdé + Guerra
Godi + Zidrou
Jean-Louis Marco
Cameron Stewart

2º fim-de-semana

Xisto Valência
Roberto Goiriz
Milo Manara

3º fim-de-semana

Frédéric Coche
Lewis Trondheim
Mathieu Sapin
Editora Les Requins Marteaux

Outros autores

Warren Craghead
Fábio Zimbres

FIBDA JuNIOR

PROGJUNIORFIBDA0711.jpg

O 18º Festival Internacional de Banda Desenhada da Amadora apresenta a seguinte programação a pensar nos mais novos:

20 de Outubro, das 10.30h às 12.30h:
- Atelier “Os Desenhos têm Som”
- Oficina de Iniciação ao Cinema de Animação
21 de Outubro, das 10.30h às 12.30h:
- Atelier “BD Humana”
21 de Outubro, das 11.30h às 12.30h:
- Hora do Conto
27 de Outubro, das 10.30h às 12.30h:
- Atelier “Os Desenhos têm Som”
- Oficina de Iniciação ao Cinema de Animação
28 de Outubro, das 10.30h às 12.30h:
- Atelier “BD Humana”
28 de Outubro, das 11.30h às 12.30h:
- Hora do Conto
1 de Novembro, das 10.30h às 12.30h:
- Atelier “BD Humana”
1 de Novembro, das 11.30h às 12.30h:
- Hora do Conto
3 de Novembro, das 10.30h às 12.30h:
- Atelier “Os Desenhos têm Som”
- Oficina de Iniciação ao Cinema de Animação
4 de Novembro, das 10.30h às 12.30h:
- Atelier “BD Humana”
4 de Novembro, das 11.30h às 12.30h:
- Hora do Conto
As actividades agendadas são da responsabilidade dos seguintes parceiros:
Hora do Conto – Fernanda Santos
Atelier “Os Desenhos têm Som” – Kalpa, Comunicação e Cultura
Atelier “BD Humana” – Proto, Intensive Art Care
Oficina de Iniciação ao Cinema de Animação – Eduardo Silveira


De salientar que Milo Manara vem à Amadora de carro desde Veneza e, ao que parece, já vem a caminho... esperemos que dê com a Brandoa.

De salientar também que a Exposição de Banda Desenhada Italiana para Maiores de 18 Anos está largamente documentada na BDVoyeur #2.

AS NOVIDADES PEDRANOCHARCO NO XVIII FIBDA 2007 - CLIQUE AQUI: View image

Publicado por jmachado em 07:03 PM | Comentários (79) | TrackBack

outubro 04, 2007

O 277º ENCONTRO DA TERTÚLIA BD DE LISBOA

Realizou-se na passada terça-feira (dia 2 de Outubro), o 277º Encontro da Tertúlia BD de Lisboa, no seu XXII ano.

O homenageado, a título póstumo, foi José Padinha (ou Padiña), representado pelo filho, Francisco Távora e com a presença de José Ruy. Diga-se que Padinha foi um prolifico novelista (espécie lietrária que caiu em desuso) e argumentista.

tbd449.jpg
Começamos pelo Restaurante Gina, no meio dos escombros do Parque Mayer, para quem não conheça.

tbd449b.jpg
A sala ainda quase vazia, só o Casimiro, que é sempre o primeiro a chegar, ocupa já o lugar habitual e que, reparem, fica mesmo em frente da TV e como ia começar o Sporting vs Dínamo Kiev...

TBD450.JPG

TBD455.JPG

TBD451.JPG
O Tertúlia BDzine #118 foi integralmente preenchido com trabalhos de elementos da Associação Imaginarte (da Faculdade de Belas Artes de Lisboa) - Miguel Marreiros, Ana Maria Baptista, Ricardo Correia e Mariana Perry, com argumentos de André Oliveira.

TBD453.JPG

TBD509.jpg
Casimiro e Isidro vão conversando com Carlos Moreno, enquanto não começa o jogo. Na foto da direita: Hugo Teixeira explica ao Álvaro como se faz um avião de papel...

TBD510.jpg
Malta do Grupo Entropia. À direita, malta da Associação Imaginarte.

TBD511.jpg
Aqui: Miguel Marreiros (de chapéu à mesa? Tch, tch...) e Ana Maria Baptista.

TBD512.jpg
Lá atrás, Andreia Rechena ri-se não sei para quem. M.A.L.S. lê qualquer coisa e Luís Graça, apreensivo segue atentamente o seu Sporting, de olhos esbugalhados...

TBD513.jpg

TBD514.jpg
Geraldes Lino distribui uma das Folhas Verdes... perdão, Volantes, perante o ar divertido de Luís Graça, a dizer que aquilo do Dínamo Kiev já estava no papo, os lagartos ganharam por 1-2!: "Tão a ver como é que se faz, oh lampiões, aprendam a marcar golos, pá! Apreeeeendam!" - "Vai dar uma curva, pázinho! Amanhã vais ver como é: vamos cilindrar o Shakh...tear!" Respondi eu, mas é melhor nem falarmos mais disso.
Na foto da direita: Francisco Távora e José Ruy, não deviam estar a falar futebolês, claro.

TBD515.jpg
Carlos Moreno explica qualquer coisa a M.A.L.S. (que vem do Entrocamento de 2 em 2 meses para estar na Tertúlia) acerca da trafulhice que é o sorteio... - como não me saíu nada desta vez, apetece-me dizer mal!!!

TBD516.jpg
Violenta discussão entre Inês Ramos e Luís Graça? Ná! Nem estavam a falar um com o outro...

TBD457.jpg
E por fim, a página de BD (prancha de Lam), do Mundo Universitário, que tinha saído no dia anterior. Ver também em: www.mundouniversitario.pt

QUENTES E BOAS! QUENTES E BOAS! É COMPRAR! AQUI: View image

Publicado por jmachado em 10:23 PM | Comentários (44) | TrackBack

outubro 01, 2007

JÁ ABRIU A GALERIA DO BECO - DAS IMAGENS, CLARO

A Sara Figueiredo Costa e a Sílvia Moldes, editoras do blogue Beco das Imagens, para além de renovarem o design do blogue, à passagem do 4º aniversário do mesmo, acabaram ainda à pouco de inaugurar a GALERIA DO BECO. Eis as palavras das próprias, pescadas por nós no próprio Beco das Imagens:

1.10.07
CAPUCHINHO MIX

Já abriu! Capuchinho Mix, uma exposição de Richard Câmara, pode ser visto a partir de hoje na Galeria do Beco. A entrada, claro, é gratuita, e se passarem por lá nas próximas horas não estranhem a fanfarra a tocar o Verão Azul ou os cálices de Porto que, entretanto, se arranjaram...

PUBLICADA POR SARA FIGUEIREDO COSTA EM 18:43 0 COMENTÁRIOS

SEM CROQUETES

A inauguração da Galeria do Beco está marcada para hoje ao fim da tarde. Como já se anunciou, a vernissage é virtual, pelo que não haverá croquetes ou vinho do Porto. Mas logo depois do 'click' inicial, haverá trabalhos do Richard Câmara para ver, e isso é muito melhor.

PUBLICADA POR SARA FIGUEIREDO COSTA EM 14:32 0 COMENTÁRIOS

Esta Exposição inaugural dedicada ao trabalho de Richard Câmara, distribui-se por 3 núcleos:

ILUSTRAÇÕES INÉDITAS, de Richard Câmara
ESTUDOS, de Richard Câmara
BANDA DESENHADA PUBLICADA NO ESTRANGEIRO - Esta BD, originalmente feita para uma encomenda em Lisboa que acabou por não se concretizar, ressuscitou com nova paginação para o 3º número da revista espanhola de BD "ARGH!", integralmente impressa em tons de amarelo. Esta é mais uma das minhas múltiplas versões do conto do Capuchinho. Desta vez diverti-me imenso a reinterpretar a história como se fosse um conto de Terror para crianças, colocando os seus personagens em situações gradualmente mais escabrosas...

GALERIADOBECO.jpg

É só clicarem aqui no Beco ou no link do Beco das Imagens (que, não faço a mínima ideia porquê) agora se encontra no fim desta página do Kuentro.

Boa visita.

Publicado por jmachado em 07:44 PM | Comentários (886) | TrackBack