março 31, 2008

VÁRIAS NOTÍCIAS: AUTÓGRAFOS DE JOSÉ CARLOS FERNANDES – WORKSHOP DE ESCRITA PARA ARGUMENTISTAS DE BD – CONCERTO DESENHADO NO TEATRO S. LUIZ – CURSO LIVRE NA ESAP-GUIMARÃES E 1ª BIENAL DE HUMOR NA PENELA

APRESENTAÇÃO DE O QUE ESTÁ ESCRITO NAS ESTRELAS, DE JOSÉ CARLOS FERANDES, NA FNAC CHIADO

JCF472.jpg

3ª-feira, dia 8 de Abril às 18:30 o infalível livro-horóscopo O QUE ESTÁ ESCRITO NAS ESTRELAS do vidente José Carlos Fernandes será apresentado na FNAC Chiado, por Pedro Mexia. Seguir-se-á sessão de autógrafos.

E para ilustrar, nada melhor que a previsão para o mês de Abril:
JCF473.jpg

--------------------------------------------------------------------------------------------

WORKSHOP DE ESCRITA PARA ARGUMENTO DE BD

recortes106.jpg

Em Abril, André Oliveira vai dirigir uma workshop de escrita para argumento de BD numa nova escola de escrita que abriu na zona da Praça de Camões chamada Escreverescrever. Aqui ficam a agenda de Abril e o URL do site
(http://escreverescrever.com/).

--------------------------------------------------------------------------------------------

CONCERTO DESENHADO NO S.LUIZ

Mário Laginha-piano
António Jorge Gonçalves - desenho digital em tempo real.

recortes107b.jpg

Na 6ª edição da Festa do Jazz do Teatro S.Luiz, Lisboa
Sala Principal, Sábado, dia 5 de Abril, 21h30

consultar o programa em:
http://www.teatrosaoluiz.egeac.pt/PortalModules/EventsProgrammingModule/Uploaded_PDFs/cartaz%20A3_20080312114051.pdf

--------------------------------------------------------------------------------------------

PRODUÇÃO MUSICAL E CHARACTER DESIGN NA ESAP-GUIMARÃES

ESAP106b.jpg

O Curso Livre de Pintura e o de Banda Desenhada e Ilustração são duas das propostas de formação para um público alargado que a ESAP-Guimarães tem já em funcionamento no presente ano lectivo. Estas iniciativas enquadram-se numa política de oferta formativa artística diversificada que esta Escola tem tentado promover com o objectivo de fomentar a prática e o gosto pelas artes. É na continuidade destes propósitos, agora alargados às novas tecnologias e ao design de comunicação, que se enquadram os Workshops que a Escola agora oferece: Produção Musical, orientado para a produção de música electrónica, e Character Design, orientado para a criação de personagens típicos da linguagem gráfica, tão presentes em todos os tipos da comunicação contemporânea. Estes cursos breves - 20 horas – estão organizados em 5 sessões que ocorrerão aos sábados. Mais informações estão disponíveis no site www.esap-gmr.com

__________________________________________________________________

I BIENAL de HUMOR “LUÍS D’OLIVEIRA GUIMARÃES” – PENELA 2008

PENELA2008.jpg

Uma Organização: Câmara Municipal de Penela / Junta de Freguesia do Espinhal
Uma Produção: Humorgrafe
Director Artístico: Osvaldo Macedo de Sousa
(humorgrafe_oms@yahoo.com)

Regulamento do concurso Literário de Crónicas Humorísticas:

1 Aberto à participação de escritores humoristas lusofonos.
2. Tema: A Justiça (o exercício de advocacia, o que é ser Juiz, as Leis, a Justiça, os tribunais…)
3. Cada artista pode enviar até 4 trabalhos, não podendo cada um exceder os 4.000 caracteres. Estes devem vir identificados no verso com nome e morada, e-mail, telefone e nº contribuinte.
4. Os trabalhos serão julgados por um júri constituído por: um representante da Câmara Municipal de Penela; por um representante da Junta de Freguesia do Espinhal; dois representantes da família Oliveira Guimarães; pelo Director Artístico da Bienal; um representante dos patrocinadores, um artista convidado, sendo outorgados os seguintes Prémios:
* 1º Prémio Literário do I SHLOG- 2008 (no valor de € 1.000)
* 2º Prémio Literário do I SHLOG- 2008 (no valor de € 750)
5. O júri outorga-se o direito de não atribuir os prémios se os trabalhos a concurso não atingirem a qualidade mínima exigida.
6. Os direitos de reprodução são propriedade da organização, logo que seja para promoção deste Salão, e discutidos pontualmente com os autores, no caso de outras utilizações.
8. Os trabalhos devem ser enviados até 28 de Abril de 2008 para I Bienal de Humor Luís d’Oliveira Guimarães, Sector de Cultura, Câmara Municipal de Penela, Praça do Município, 3230-253 Penela

Regulamento do concurso gráfico humorístico:

1 Aberto à participação de todos os artistas gráficos com humor, residentes na Europa.
2. Tema: A Justiça (o exercício de advocacia, o que é ser Juiz, as Leis, a Justiça, os tribunais…)
3. Cada artista pode enviar até 4 trabalhos, em preto e branco formato não superior a A4 , aberto a todas as técnicas e estilos, (os trabalhos feitos a computador, para alem do seu envio em suporte informático - CD ou disquete a 300 dpis Jpeg – devem ter também um print em A4, assinados à mão e numerados 1/1) como caricatura, cartoon, desenho de humor, tira, prancha de bd (história num prancha única)... devendo estes vir identificados no verso com nome e morada, e-mail, telefone e nº contribuinte.
4. Os trabalhos serão julgados por um júri constituído por: um representante da Câmara Municipal de Penela; por um representante da Junta de Freguesia do Espinhal; dois representantes da família Oliveira Guimarães; pelo Director Artístico da Bienal; um representante dos patrocinadores, um artista convidado, sendo outorgados os seguintes Prémios:
* 1º Prémio da I BHLOG- 2008 (no valor de € 2.000)
* 2º Prémio da I BHLOG- 2008 (no valor de € 1.500)
* 3º Prémio da I BHLOG- 2008 (no valor de € 1.000)
5. O júri outorga-se o direito de não expor aqueles trabalhos que não atinjam a qualidade mínima exigida.
6. Os trabalhos premiados ficam automaticamente adquiridos pela organização. Todos os outros serão devolvidos após a exposição, com respectivo catálogo.
7. Os direitos de reprodução são propriedade da organização, logo que seja para promoção deste Salão, e discutidos pontualmente com os autores, no caso de outras utilizações.
8. Os trabalhos devem ser enviados até 28 de Abril de 2008 para I Bienal de Humor Luís d’Oliveira Guimarães, Sector de Cultura, Câmara Municipal de Penela, Praça do Município, 3230-253 Penela
9. A I Bienal de Humor Luís d’ Oliveira Guimarães – Penela 2008, realiza-se de 7 de Junho a 22 de Setembro.

http://humorgrafe.blogspot.com
http://regulamentoscartoon.blogspot.com

Publicado por jmachado em 09:55 AM | Comentários (836) | TrackBack

março 27, 2008

EXPOSIÇÃO "BABINSKI" NA BEDETECA DE BEJA

Babinski.jpg

BABINSKI
Exposição de banda desenhada de Luís Henriques (desenho) e José Feitor (texto).

A decorrer até 18 de Abril, na Galeria de Exposições Temporárias da Bedeteca de Beja (1º andar da Casa da Cultura).

A partir de uma história que nasce dentro da história do livro "Der Golem", do escritor e dramaturgo austríaco Gustav Meyrink, José Feitor conta-nos aqui o percurso de Babinski, o salteador de Praga, que decide mudar radicalmente de vida depois de escapar à morte pela forca. Uma crónica de crime e salvação, contada em frases muito curtas, enriquecida pelo desenho minucioso e trabalhado de Luís Henriques. Os originais do livro, em formato italiano, estarão expostos em Beja entre 20 de Março e 18 de Abril.

Aproveitamos para relembrar que até ao dia 28 de Março pode ser visitada a exposição "Da ABCzinho à Mesinha de Cabeceira" – Exposição de revistas de banda desenhada patente na Cafetaria.

FOTOBDTECABEJA8.jpg

Publicado por jmachado em 04:13 PM | Comentários (1116) | TrackBack

março 20, 2008

INFO BEDETECA DE LISBOA - 1000 DESTAQUES E WORKSHOP

bedetecalx9.jpg

Da existência deste sítio: www.bedeteca.com, em Outubro de 2001 até Março de 2008:
7 anos e 6 meses = 90 meses = 1000 destaques = 11 destaques por mês.

recortesbedetecalx100A.jpg

Mil vezes aqui demos contas das novidades acerca dos autores, dos eventos, dos livros, das editoras, das revistas, dos festivais, dos zines, das exposições, daqui da Bedeteca, do país e de lá de fora.

Ao percorrer o arquivo, faz-se um pouco a história destes anos no panorama da bd e da ilustração, através da linha editorial deste site: destacarmos as novidades na perspectiva do que de mais interessante se vai fazendo e deixar registo do movimento do mercado.

Fica também aqui registados os nossos agradecimentos ao José Rui Fernandes, o nosso "webmaster".

E agora, algo completamente diferente:

WORKSHOP - INICIAÇÃO À LINGUAGEM DA BANDA DESENHADA

JCOELHO8.jpg
Banda Desenhada de JCoelho

LOCAL: Bedeteca de Lisboa
DATA: De 24 a 28 de MARÇO
HORÁRIO: todos os dias, a definir: das 10h às 13h

Estão abertas as inscrições para este ‘workshop’ organizado pela Bedeteca de Lisboa para o período de 24 a 28 de Março, no seu Auditório. A frequência é gratuita, sendo apenas limitado o número de formandos: 15 no máximo.

Concebido para uma ‘target’ dos 13 aos 18 anos, o ‘workshop’ desenvolve-se em 5 sessões diárias, cada uma de 3 horas (10h-13h) e será ministrado por Marcos Farrajota, autor e editor de bd. Serão abordados os princípios e processos da bd, recorrendo à análise de trabalhos de vários autores consagrados e outras formas de produção contemporâneas, e realizados exercícios práticos de exploração de questões do grafismo, tempo/ritmo e relação texto/imagem.

Apesar de algumas alterações no que se refere aos conteúdos e a alguma intermitência no tempo e no espaço, a produção anual deste ‘workshop’ poderá considerar-se um projecto de continuidade. Apresentado pela primeira em 2000, no Auditório da Bedeteca, estava centrado na linguagem da banda desenhada, tendo sido assegurado por Marcos Farrajota e Rafael Gouveia. Um formato que foi reproduzido no ano seguinte, 2001. Entre 2002 e 2003, em resultado de uma parceria com a Ar.Co, os conteúdos incluíram também a Ilustração, que foi assegurada por Alice Geirinhas. Em 2004, em paralelo com o projecto co-produzido com a Ar.Co, que se manteve, e de forma a dar resposta ao interesse manifestado pelas gentes de Aveiro, o ‘workshop’ realizou-se na livraria «O Navio de Espelhos». Depois de uma pausa, a Iniciação à Linguagem da Banda Desenhada foi retomada em 2006 onde se espera que se mantenha por muito tempo.

A inscrição poderá fazer-se na Bedeteca, através do telefone 21 853 66 76 ou do e-mail bedeteca@cm-lisboa.pt (indicando o nome e contacto telefónico).

Bedeteca de Lisboa
Palácio do Contador-mor
Rua Cidade de Lobito 1800-088 Lisboa
Tel. (0351) 218 536 676
Fax. (0351) 218 532 168
www.bedeteca.com
blx.cm-lisboa.pt

Publicado por jmachado em 10:24 AM | Comentários (357) | TrackBack

março 17, 2008

CONTINUA O MISTÉRIO (2) - Por José Ruy

CONTINUA O MISTÉRIO
EM QUE O MUSEU DA CIÊNCIA E DA TÉCNICA, EM COIMBRA, MANTÉM A MÁQUINA DE «O MOSQUITO» (2) - Por José Ruy

É vasta a correspondência enviada pela Amadora para o Museu da Ciência e da Técnica em Coimbra, desde 2 de Junho de 2005, no sentido de ser emprestada a Máquina de «O Mosquito». Sem resposta a um primeiro ofício foram feitos contactos telefónicos, atendidos por funcionários do Museu que disseram não encontrar o registo de entrada dessa correspondência. Então, a 6 de Fevereiro de 2006 foi reenviado o ofício, desta vez por fax para ser mais rápido.

Seguiram-se vários telefonemas sempre atendidos por funcionários, que afirmaram em dada altura estar já autorizado o empréstimo da máquina, sem no entanto chegar confirmação escrita. Em 20 de Março de 2006 foi enviado novo ofício ao Senhor Director, propondo um encontro em Coimbra para se determinar o justo valor de um seguro, sendo o transporte e a recuperação da «Rolland» assegurados pela Amadora.

Sem qualquer resposta da parte do Senhor Director do Museu, em 11 de Julho de 2006, foi enviado outro ofício, por «mail», avançando-se aí a data de 21 de Julho de 2006 para o indispensável encontro em Coimbra.

Face ao inquietante silêncio do Senhor Director foi enviado novo ofício, também por correio electrónico, a 18 de Julho de 2006, apelando para uma resposta urgente, pois a demora estava a comprometer a realização da exposição programada na Amadora. Silêncio.

Como o Museu da Ciência e da Técnica não é privado, e está sob a tutela do Ministério da Ciência e do Ensino Superior, o Senhor Presidente da Câmara Municipal da Amadora enviou um ofício ao Senhor Ministro em 11 de Agosto de 2006.

A resposta do ministério não se fez esperar, e a 21 de Agosto de 2006, informava que os contactos entre o Museu da Ciência e da Técnica e a Câmara Municipal da Amadora iam ser restabelecidos para acertar as condições do empréstimo da Máquina de «O Mosquito». Acrescentava a necessidade de um restauro por firma especializada.

Esta última indicação fora dada ao Ministério pelo Senhor Professor Doutor Paulo Gama Mota, que antes não o fizera directamente à Amadora.

Com esta informação, o Senhor Vereador da Cultura da Amadora tentou fazer vários contactos telefónicos com o Senhor Director do Museu, que nunca esteve disponível nem sequer satisfez os pedidos de resposta.

Decidiu então o Senhor Vereador enviar ao Senhor Director do Museu um novo ofício, solicitando mais uma vez um encontro em Coimbra, para dar seguimento aos contactos a que o Senhor Ministro se referia.

O Senhor Professor Doutor Paulo Gama Mota respondeu, então, não ao Vereador, mas ao Senhor Presidente da Câmara da Amadora numa carta sem data, repetindo o que dissera ao seu Ministro, que a Máquina precisava de restauro, mas por empresa especializada, e que as despesas desse restauro, do transporte e do seguro, teriam de ser asseguradas pela Câmara da Amadora (desde o princípio que a Amadora afirmou por escrito e em primeira mão essa sua determinação).

E o incrível vem a seguir:
Afirmava ainda o Senhor Director do Museu que não tinha havido confirmação por parte da Amadora, da aceitação destas condições, para que o Museu desencadeasse o processo de restauro.

O teor desta resposta parece referir-se a uma correspondência anterior, por parte do Museu, que nunca existira. Sendo assim, o restauro seria feito directamente pelo Museu sem que ninguém mais visse o estado da Máquina e por empresa obviamente contratada pelo Senhor Director. E que empresa? Estará nos planos do Senhor Director do Museu contratar a Fábrica «Rolland» da Alemanha?

Isto iria custar talvez mais do que uma máquina nova adquirida agora, e tudo por conta da Câmara da Amadora, só para que essa «Rolland» pudesse ser simplesmente emprestada. Deste modo o Senhor Director do Museu ficaria com o «seu acervo Nº 0000009 recuperado, sem que alguém o pudesse responsabilizar pela degradação (pois não permite que alguém a veja) e mostraria ao seu Ministro como tinha zelado de maneira exemplar pelo material posto à sua responsabilidade.

Mas, se na Amadora temos o Técnico mais abalizado para fazer esse restauro, como é que o Senhor Professor Doutor Paulo Gama Mota que foi informado disso, ignora esse facto? Naturalmente para que ninguém em Portugal possa aperceber-se do estado da Máquina.
(Continua)

maquinapkuentro.jpg

Máquina Offset Rolland, em plena elaboração na década de 1940, nas instalações da Redacção/Oficina de «O Mosquito».
Foto José Ruy

Publicado por jmachado em 08:58 AM | Comentários (40) | TrackBack

março 14, 2008

XII SALÃO LUSO-GALAICO DE CARICATURA VILA REAL /2008

1. Aberto à participação de todos os artistas gráficos com humor, residentes em Portugal e na Galiza.

2. O tema lançado a desafio aos humoristas, este ano, é "Rádio & Televisão" (paródias a programas, a séries, á comunicação social… caricaturas de locutores, entrevistadores, heróis de séries…).

3. Cada artista pode enviar até 4 trabalhos, em preto e branco formato não superior a A3 (de preferência A4), aberto a todas as técnicas e estilos, (os trabalhos feitos a computador, para alem do seu envio em suporte informático -CD ou disquete a 300 dpis Jpeg – devem ter também um prints em A4, assinados à mão e numerados 1/1) como caricatura, cartoon, desenho de humor, tira, prancha de bd (história num prancha única)… devendo estes vir identificados no verso com nome e morada, e-mail, telefone e nº contribuinte. A acompanhar os desenhos deve ser enviado um mini curriculum do artista para aparecer no catálogo.

4. Os trabalhos serão julgados por um júri constituído por: um representante da Câmara Municipal de Vila Real; do Governo Civil de Vila Real, da Delegação Norte da Secretaria de Estado da Cultura, António Manuel Pires Cabral e Elísio Amaral Neves Assessores do Pelouro da Cultura, o Presidente da Humorgrafe e um artista plástico convidado, sendo outorgados os seguintes Prémios:

* 1º Prémio do XII Salão Vila Real / 2008 (no valor de € 2.000)
* 2º Prémio do XII Salão Vila Real / 2008 (no valor de € 1.500)
* 3º Prémio do XII Salão Vila Real / 2008 (no valor de € 1.000)
Menções Honrosas (no valor de € 500)

5. O júri outorga-se o direito de não expor aqueles trabalhos que não atinjam a qualidade mínima exigida.

6. Os trabalhos premiados ficam automaticamente adquiridos pela organização (CMVR). Todos os outros serão devolvidos após a exposição.

7. Os direitos de reprodução são propriedade da organização, logo que seja para promoção deste Salão, e discutidos pontualmente com os autores, no caso de outras utilizações.

8. Os trabalhos devem ser enviados até 28 de Abril de 2008, para:

XII Salão Luso-Galaigo de Caricatura / 2008
Edifício da Biblioteca Municipal Dr. Júlio Teixeira
Rua Madame Brouillard,
5000- 573 Vila Real / PORTUGAL

9. O XII Salão Luso-Galaico de Caricatura de Vila Real / 2008, realiza-se na Galeria de Arte do Teatro Municipal de Vila Real de 21 de Junho a 30 de Julho. A entrega dos Prémios realiza-se na noite de 12 de Julho com a Festa da Caricatura. A exposição, será apresentada posteriormente em Ourense (como nos anos anteriores)

Uma Organização: CÂMARA MUNICIPAL DE VILA REAL
Uma Produção: HUMORGRAFE
humorgrafe_oms@yahoo.com

No site da Humorgrafe:
http://humorgrafe.blogspot.com
Podem ser lidas informações e vistas fotos da Festa da Caricatura que decorreu durante o 1º fim-de-semana da IX BIENAL DA CARICATURA DE OURENSE - 2008, que está presente ao público naquela cidade da Galiza até 30 de Março.

IX BIENAL DE CARICATURA OURENSE 2008.jpg

E ainda um texto de Osvaldo Macedo de Sousa sobre o tema desta Edição da Bienal da Caricatura de Ourense: “Vozes Líricas do séc. XX”, ilustrado com espectaculares imagens do claustro do edifício onde decorre a exposição.

IX BIENAL DE CARICATURA OURENSE 2008-2.jpg

Publicado por jmachado em 08:38 AM | Comentários (2) | TrackBack

março 13, 2008

Vírus - 1ª Mostra de Banda Desenhada, Ilustração e Cinema de Animação de Leiria (2)

Em complemento do post de ontem acerca da MOSTRA E CONCURSO de BD, ILUSTRAÇÃO e CINEMA DE ANIMAÇÃO EM LEIRIA, no próximo fim-de-semana, aqui fica o Programa do mesmo, enviado pela Livraria Arquivo:

virusleiria1B.jpg

virusleiria2B.jpg

Publicado por jmachado em 08:41 AM | Comentários (1) | TrackBack

março 12, 2008

Leiria - Vilões, Vilanias e outras ironias

LEIRIA.jpg

VILÕES, VILANIAS E OUTRAS IRONIAS
A Vírus 2008 vai decorrer de 14 a 16 de Março, em Leiria.

A “1ª Mostra de Banda Desenhada, Ilustração e Cinema de Animação”, conta com Fernando Galrito como convidado especial da organização, nesta edição de 2008.

A cargo de Fernando Galrito, autor e realizador de cinema de animação, professor da ESAD e director artístico da MONSTRA – Festival de Animação de Lisboa, ficam a selecção das duas sessões de curtas-metragens nacionais e internacionais, que fazem parte do programa da Vírus.

A Mostra não se fica pelo visionamento de filmes e integra ainda concurso, área comercial, actividades infantis, exposições, workshops e muito cinema de animação, de fazer as delícias dos apreciadores.

Publicado por jmachado em 08:58 AM | Comentários (0) | TrackBack

EXPOSIÇÃO PARA A INFÂNCIA, DO AR.CO - NA BEDETECA DE LISBOA

A decorrer até 30 de Abril na BEDETECA DE LISBOA, uma mostra de trabalhos de ilustração para a infância dos alunos do departamento de Ilustração / Banda Desenhada da Escola Ar.Co. que tem vindo a desenvolver um trabalho pedagógico continuado nesta área.

Grande parte deste trabalho centra-se na compreensão do livro para a infância como um objecto dinâmico, cuja leitura se apoia na ilustração. Os trabalhos expostos fazem parte de projectos desenvolvidos no contexto do curso, acompanhados de projectos pessoais de ex-alunos integrados no mercado da ilustração profissional.

image001AR.CO.gif

O departamento de Ilustração / Banda Desenhada do Ar.Co tem vindo a desenvolver uma colaboração com a editora 100 Folhas, promovendo a ilustração de textos tradicionais para a infância de várias etnias, no âmbito da Colecção Contos do Mundo.

Os trabalhos publicados de ex-alunos do curso são: “Lenda de Geraldo Geraldes o Sem Pavor” da Colecção Expresso Mais Novos, “Marquês de Pombal” da Colecção Nomes com História, ambos os títulos ilustrados por Vasco Gargalo, com textos de Ana Oom, publicados pela editora Zero a Oito e “O Descobridor de Histórias” ilustrado por Monia Nilsen, com textos de Ana Teresa Silva, publicado pela editora Palavra.

Os trabalhos de Monia Nilsen, Vasco Gargalo, Vanessa Rodrigues, Tiago Albuquerque, Madalena Pereira, Susana Carvalhinhos, Tiago Martins, Inês Casais e Mafalda Casais estarão patentes até 30 de Abril.

Publicado por jmachado em 08:45 AM | Comentários (0) | TrackBack

março 09, 2008

Da ABCzinho à Mesinha de Cabeceira

logorev.jpg

Uma estadia em Beja é sempre desopilante e, entre outras coisas, pode aproveitar-se para ver esta exposição, que está patente até 28 de Março na Bedeteca de Beja - Cafetaria da Casa da Cultura
De 2ª a 6ª feira, das 9h00 às 20h00

Ao longo dos seus cerca de 150 anos de História, a banda desenhada portuguesa viu aparecer e desaparecer dezenas de revistas. Algumas perderam-se para sempre nos corredores mais ou menos obscuros da memória. Outras acabaram por se assumir como marcos incontornáveis para compreender o percurso da banda desenhada no nosso país.

Esta exposição não esgota (nem de longe) os muitos títulos que permitem compreender a riqueza e diversidade desta arte em Portugal. Assinala apenas alguns dos nomes que ajudaram a construir este percurso: ABCzinho (1921-1932), O Senhor Doutor (1933-1943), O Mosquito (1936-1953), O Diabrete (1941-1951), Cavaleiro Andante (1952-1962), Jornal do Cuto (1971-1978), Mundo de Aventuras (1949-1987), Tintin (1968-1982), LX Comics (1990-1991), Mesinha de Cabeceira (desde 1992), ou Quadrado (desde 1993) (referimos unicamente algumas das publicações presentes na exposição).

Além do valor intrínseco que cada um dos exemplares em exposição manifesta, é ainda possível admirar as capas de artistas tão distintos como Cottinelli Telmo, Stuart de Carvalhais, Emilio Freixas, Burne Hogarth ou Hugo Pratt, entre muitos outros.

Com um carácter assumidamente pedagógico e didáctico no início, as revistas de banda desenhada foram-se transformando ao longo dos tempos, acentuando uma vertente lúdica muito forte, de acordo com o gosto e exigências do seu público-alvo: o público infanto-juvenil (e de acordo com as preocupações dos pedagogos e dos censores). Nas últimas décadas, embora o carácter lúdico da banda desenhada manifeste sempre preponderância, apercebemo-nos também da mudança gradual que foram sofrendo, não só na forma, mas no conteúdo.

A este respeito interessa referir a LX Comics, a Mesinha de Cabeceira, ou a Quadrado, publicações viradas exclusivamente para o público adulto onde predomina o carácter autoral e experimentalista dos seus artistas, deixando perceber alguns dos movimentos mais significativos dentro da arte contemporânea portuguesa (e não só) no que concerne à banda desenhada.

Nota: Todas as revistas presentes nesta exposição são acompanhadas de um texto mais ou menos sumário onde se realçam algumas das características específicas da publicação em causa: cronologia, autores, curiosidades, etc.

erevistas2.jpg

Publicado por jmachado em 09:53 AM | Comentários (5) | TrackBack

março 06, 2008

CURSO LIVRE DE BANDA - DESENHADA E ILUSTRAÇÃO

ESAP106.jpg
--------------------------------------------------------------------------------------------
Escola Superior Artística do Porto - Guimarães
--------------------------------------------------------------------------------------------
Orientador:
Miguel Carneiro

Período em que decorre o curso:
Março a Junho 2008

Duração de cada aula:
2:30h

Horário:
6ªfeira das 17:30h às 20h

Contactos: Rua Francisco Agra 92 / 4800-157 Guimarães
t-253519681 / www.esap-gmr.com / dir@esap-gmr.com

CURSO ESAPGUIM.jpg

Publicado por jmachado em 08:52 AM | Comentários (1) | TrackBack