Mais de 50 mil pessoas, entre empreendedores, startups e investidores de topo, começam a chegar a partir deste sábado a Lisboa para participar na Web Summit, já considerada a maior cimeira tecnológica e de empreendedorismo do mundo.

Chamada de "Davos para Geeks", a Web Summit realiza-se este ano pela primeira vez em Lisboa, entre 07 e 10 de novembro, e traz consigo vários eventos paralelos que juntarão os mais institucionais e os mais informais, em momentos de discussão, mas também de descontração, como a Night Summit e os Pub Crawls ou a Surf Summit, que arranca já hoje na Ericeira.

A ajudar estará o estado do tempo em vésperas do chamado Verão de S. Martinho, sem chuva e com temperaturas a rondar os 20 graus.

A cimeira tecnológica vai manter-se em Portugal até 2020 e poderá prolongar-se por mais dois anos, rondando a expectativa de retorno financeiro os 175 milhões de euros na edição de 2016.

Web Summit em números

Mais de 50.000 participantes, dos quais 7.787 portugueses. Além dos que vêm da área tecnológica, a curiosidade é que muitos vêm de setores tradicionais como retalho, construção, escritórios de advogados e agricultura;

Os participantes são oriundos de mais de 165 países. Entre as principais, destacam-se Portugal (7.787), Reino Unido (7.486), Alemanha (4.175) e Irlanda (4.058).

Mas há mais números: 

- Mais de 20.000 empresas;

- 2.000 startups, 150 delas nacionais de topo;

- 663 oradores;

- 1.500 investidores;

- 7.000 presidentes executivos de empresas de tecnologia, desporto, moda, música e saúde, entre outras;

- 2.000 jornalistas internacionais;

- 178 balcões de registo entre FIL e Aeroporto de Lisboa (36 balcões). O aeroporto Humberto Delgado prevê atingir os 30 mil registos, na operação que arranca no sábado até terça-feira. Registos duram cerca de 55 segundos, mas é necessário download (descarregar) da app (aplicação) e identificação.

- 15 palcos temáticos;

- 21 cimeiras temáticas: código, dados, conteúdo, design, empresas, moda, tecnologia de saúde, marketing, dinheiro, música, sociedade e universidade 'start-up' e máquina;

- 2.000 voluntários;

- Mais de 6.000 jovens, entre os 16 e os 23 anos, compraram bilhetes a nove euros, 1% do valor habitual, no âmbito da iniciativa "Inspire Portugal", promovida pela organização da Web Summit e pelo Governo português;