Eleições EUA

Choque da vitória de Trump na imprensa norte-americana

Choque da vitória de Trump na imprensa norte-americana

O "triunfo", "contra todas as probabilidades", do candidato republicano, Donald Trump, nas eleições presidenciais nos Estados Unidos figura entre os destaques na imprensa norte-americana.

"Trump triunfa" era o título principal da edição 'online' do The New York Times, exatamente o mesmo adotado pelo The Washington Post, pouco após serem conhecidos os resultados provisórios das eleições.

Já o Los Angeles Times escrevia na sua página na Internet: "Donald Trump ganha a presidência, reivindicando vitória após candidatura inortodoxa"; enquanto o Chicago Tribune destacava: "Trump reivindica vitória nas eleições presidenciais, [e] diz que Clinton ligou a reconhecer" a derrota.

A imprensa norte-americana destaca ainda, em títulos secundários, que "os republicanos mantêm controlo do Senado" -- como o The New Tork Times -- "batendo as probabilidades", como escreve o Los Angeles Times, ao acrescentar ainda que assim "o partido [republicano] está à beira de controlar um governo unido".

Os jornais falam ainda de uma "surpreendente" reviravolta, com o The Washington Post a notar que "uma campanha traumática produz um final chocante, com Trump vitorioso".

Nesta linha, o mesmo jornal dedica um outro artigo sobre "como Donald Trump arrancou uma tirada de proporções cataclísmicas e históricas".

A reação dos mercados financeiros -- que afundaram em todo o mundo -- também está em destaque na imprensa norte-americana.

Já o canal de televisão CNN destacava no seu 'site' "É Trump", falando em "repúdio" do sistema político, enquanto a Fox News escrevia "Reclamar o destino do nosso país", com o subtítulo "Trump vence a presidência, derrotando Clinton num viragem eleitoral histórica".

Recomendadas

Outros conteúdos GM

Conteúdo Patrocinado