• 25 de Maio de 2009
  • 15º - 19º Lisboa
DR
O quadro de Gustave Courbet encontra-se exposto no Museu D'Orsay em Paris
 
Comentar Ler comentários Enviar a amigo Imprimir Estatísticas Corrigir     Diminuir tipo de letra Aumentar tipo de letra     Digg Do Melhor Delicious Tecnorati Yahoo

Braga
PSP apreende livros por considerar pornográfica capa com quadro de Courbet 
23.02.2009 - 19h24 Lusa
A PSP de Braga apreendeu hoje numa feira de livros de saldo alguns exemplares de um livro sobre pintura. A polícia considerou que o quadro do pintor Gustave Courbet, reproduzido nas capas dos exemplares, era pornográfico, adiantou uma fonte da empresa livreira.

António Lopes disse que os três agentes policiais elaboraram um auto no qual afirmam terem apreendido os livros por terem imagens pornográficas expostas publicamente.

O quadro do pintor oitocentista - tido como fundador do realismo em pintura - expõe as coxas e o sexo de uma mulher, sendo, por isso, a sua obra mais conhecida. Pintado em 1866, está exposto no Museu D'Orsay em Paris.

António Lopes manifestou-se "indignado" com a atitude da PSP: "isto é uma vergonha, um atentado à liberdade", afirmou. O empresário é um dos sócios da distribuidora 'Inovação à Leitura', de Braga, organizadora da Feira do Livro em Saldo e Últimas Edições, que está a decorrer, até ao dia 8 de Março, na Praça da República - vulgo Arcada - no centro de Braga.

Segundo os especialistas, Gustave Courbet era já um pintor "conhecido em França pela sua destreza técnica mas sobretudo pela sua atitude crítica e corrosiva em relação à sociedade burguesa, que não perdia ocasião de afrontar".

Courbet, um socialista convicto, ao representar frontalmente as coxas e o sexo de uma mulher, com o quadro "A Origem do Mundo" abalou profundamente o meio artístico, tendo a sua exposição pública sido proibida na época.

comentários
1 a 5 de um total de 352 Escrever comentário Escrever comentário   Diminuir Tipo de Letra Aumentar Tipo de Letra  
Comentário 14.05.2009 - 18h14 - Mario, Barreiro
Demonstrando que somos superiormente dotados aos mentecaptos que não sabem apreciar tanta beleza pronho: Vamos colocar na nossa sala de jantar uma cópia desta bela obra de arte, demonstrando assim que esta pode e dever ser reconhecida por todos que nos visitam.
Comentário 26.02.2009 - 11h30 - OutroNuno, Lisboa
Esta questão é tão importante, mas tão importante que só vejo 5 comentários. Percebo que alguns fiquem chocados com o sexo exposto, especialmente quando tem tantos pêlos púbicos, como aquele que deu origem a esta discussão. A nudez é pornografia? Esta imagem não mostra qualquer acto sexual, e ainda assim é pornografia? E se fosse um livro sobre medicina ou ciências ou coisa que o valha? Eu lembro-me que quando tinha uns 9 anos, fiz uma coleção de cromos sobre a reprodução e para além das típicas imagens dos aparelhos reprodutores masculino e feminino, onde se podem encontrar os orgão sexuais respectivos, havia ainda uma esplicação detalhada da cópula. Eu tinha 9 anos. Estarei eu hoje mais libertino, ou lá o que quiserem chamar, por causa de ter visto essa imagem bem explicita de um coito vaginal??? Sendo assim proibam já a TV de passar anúncios de "gajas" a que horas forem, proibam já as páginas dos anúncios de "acompanhates" que enchem os jornais desportivos, proibam completamente o acesso ao Google pelos que ainda são senivéis às questões do nú, (perdão, pornografia), multem os responsáveis pelas imagens do carnaval brasileiro e também de algum português...(continua)
Comentário 25.02.2009 - 22h41 - Carlos, Faro
questão aqui é saber se o que é obsceno ou pornográfico para uns tem que ser igual para outros. É claro que não e não vale a pena discursar sobre isso, porque as opiniões serão todas diferentes. Se uma pessoa fica chocada ao ver uma imagem de órgãos sexuais e considerar isso como obsceno, por uma questão democrática temos que aceitar essa reacção, ou seja, não temos que impor a nossa. Lá porque o nosso corpo tem órgãos sexuais, não quer dizer que eles têm que estar expostos para qualquer um os contemplar, por isso é que andamos vestidos, ou pensam que é só porque está frio. Será que por a imagem dos órgãos sexuais ter sido pintada no séc.XIX faz diferença da capa de uma revista pornográfica fotografada no séc.XXI? O que interessa são os objectivos? Ou a imagem em si? Os participantes da pornografia dirão que são artistas. Penso que a questão é a imagem. Faz diferença ser pintada, fotografada, filmada, etc.? Se for pintada uma representação de sexo explícito no séc.XIX é arte, se for fotografado no séc.XXI é pornografia? Cada um terá uma sensibilidade diferente que deve ser respeitada. A TV tem um botão Ligar/Desligar, não tem? Se os outros países ou povos são mais cultos, emigrem
Comentário 25.02.2009 - 19h00 - nuno filipe soares, aveiro, portugal
Eu fico a rasca sempre que encontro moralistas de ambas as facções.Fico preocupado quando vejo pessoas quEu fico a rasca sempre que encontro moralistas de ambas as facções.Fico preocupado quando vejo pessoas que conseguem ter uma opinião tão acertiva e ao mesmo tempo incoerente.Agora fica aqui a minha opinião àqueles que criticam a atitude da psp.Estamos a falar de "feira de livros de saldo"( não num museu, ou galeria onde tem limites mínimos para certas idades) onde qualquer criança pode ter acesso a esta obra...e como sabemos(penso eu que sabemos!) as crianças, "ainda", não têm formação para entender certo tipo de arte( não sabem a diferença entre "olhar vesus ver"), os próprios pais muitas das vezes não são capazes de educar os filhos de forma a entenderem a arte, porque eles próprios não sabem...não conseguem atingir o "orgasmo" dessa obra, o que ela reflecte no seu todo.É muito bonito criticar tudo e todos.A arte deve existir em todo o lado a todo o momento, acredito que a arte resgata a vida da banalidade, acende o fogo desta "fogueira das vaidades" que é a vida.A arte não foi criada para ser usada sem um sentido, deixava de ser arte se assim fosse..é uma criança!
Comentário 25.02.2009 - 18h16 - MAF, Lisboa
Há uns tempos atrás numa reportagem de uma galeria de arte vi duas ou três fotografias que pareciam ter um metro de diâmetro género 25 Mega pixeis do "terceiro olho", e que estavam a ser exibidas como fotografias artísticas... Onde é que se estabelece o limite? Se meter animais? Se o "terceiro olho" tiver molho? Sei que estou a ser muito desagradável e, no que a mim respeita é-me indiferente, mas a dita obra de arte também pode ser desagradável para alguns e esses alguns também merecem ser respeitados.
Comentários 1 a 5

comente este artigo
Critérios para publicação de comentários
 
Restam 1200 caracteres
 
   
 
   
 
Os comentários deste site são publicados sem edição prévia, pelo que pedimos que respeite os nossos Critérios de Publicação. O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados. Quaisquer comentários inadequados deverão ser reportados utilizando o botão “Denunciar este comentário” próximo da cada um. Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.
 
Arte Photographica
Letra Pequena Online
Desenhador do quotidiano
Teatro anatómico
 
PUB
PUB
Capa do Jornal PÚBLICO
 
a frase
“PS e PSD são um pouco como a Pepsi e a Coca-Cola.”
Miguel Portas, “24 Horas”, 25-05-09
 
Revés no projecto antidoping sobre perfis sanguíneos
Testes antidoping fora de Portugal
 
Loja P�blico
Colecção Livros
Todas as Terças um grande achado com o PÚBLICO!
€8,90
   
Colecção de Livros
A arte que atravessou o mar
€12,50
   
Dados da ADEXO
Morrem por ano cerca de 1500 doentes obsesos por falta de tratamento
Cardiologia
 
ROFF e F. Ramada
Quinta-feira
Inovadora gestão de energia para alimentos
 
Capa do Imobiliário
Vídeo Veja o magazine semanal do suplemento Imobiliário em vídeo
 

 
 
@ 2009 PÚBLICO Comunicação Social SA - Director: José Manuel Fernandes - Editor do Publico.pt: António Granado - Última Hora: Sérgio B. Gomes - Vídeo: Alexandre Martins
Coordenador-geral: Pedro Ferreira - Webmaster: Paulo Almeida - Publicidade - Webdesign - Provedor dos Leitores - Editor de Opinião: José Vítor Malheiros