Pub


Por Jornal i
publicado em 23 Ago 2012 - 21:29
// 

Governo brasileiro consegue acordo para recuperar dinheiros públicos desviados

O Governo brasileiro conseguiu hoje recuperar uma importante fatia de dinheiros públicos desviados no país em casos de corrupção, ao alcançar um acordo para o pagamento de 468 milhões de reais (184,30 milhões de euros), em nove prestações.

A Advocacia Geral da União (órgão que representa o Governo judicialmente e que lhe presta assessoria jurídica) anunciou ter chegado a um acordo com o Grupo OK, controlado pelo ex-senador e empresário Luiz Estevão, detido por suspeita de envolvimento no desvio de verbas da construção da sede do Tribunal Regional do Trabalho em São Paulo, em 1992.

A quantia será paga com 80 milhões de reais à vista (31,5 milhões de euros) e mais 96 prestações de 4 milhões de reais (1,5 milhões de euros).

De acordo com a imprensa brasileira, Estevão afirma que está inocente.

"Por incrível que pareça, embora eu negue [o crime], é melhor pagar e sair da prisão", afirmou o ex-senador, citado pela "Folha de São Paulo".

Há uma outra parte da dívida, de 542 milhões de reais (213 milhões de euros), que seguirá para cobrança na Justiça.

 

*Este artigo foi escrito ao  abrigo do novo acordo ortográfico aplicado pela agência Lusa




Pub


 

Pub

Pub

Pub

Pub

Pub













X
Introduza o seu endereço de e-mail.
Introduza a senha associada ao seu endereço de e-mail.
  • Sign in with Twitter
A carregar