Feirante de Braga evita agressão a Passos Coelho

 | Hoje às 09:09
Um feirante de Braga teve um papel decisivo evitando agressões a Pedro Passos Coelho ao ajudar o "staff" e a segurança do primeiro-ministro e cabeça de lista da coligação Portugal à Frente.
 

Filipe Maia, conhecido em Braga por "Filipe Cigano", foi o "herói" da manhã de sábado. Não só agarrou e acalmou o jovem mais exaltado e que avançava para Passos Coelho, como impediu que o megafone dos "lesados" do BES fosse projetado contra a comitiva da coligação.

A "falha da segurança policial", na entrada do Mercado Municipal de Braga, caiu muito mal entre Passos Coelho e Paulo Portas, admitindo-se que possa vir a ter consequências disciplinares. Mas nem tudo correu mal.

Os agentes do Corpo de Segurança Pessoal, da PSP, a escoltar Pedro Passos Coelho adotaram de imediato a técnica conhecida como "cova da loba", para incidentes tático-policiais, que consiste em fazer um "muro" que isola completamente o elemento a proteger até que a situação seja dominada.

Os agentes fardados da PSP de Braga estavam a 100 metros dos incidentes, ocorridos no sentido oposto à entrada do mercado, o que poderá constituir uma "falha da segurança policial".

Quando se ouviu entre os agentes "Papa Mike! - Papa Mike!" (primeiro-ministro em código fonético), Passos Coelho ficou a salvo, não sendo necessário os agentes recorrerem às suas pistolas "Glock".

Quatro agentes da Esquadra de Investigação Criminal da PSP de Braga, identificados nas imagens como "dois ruivos, um mulato e um veterano", foram decisivos para salvar o primeiro-ministro da ira popular.

Ler Artigo Completo
 
 
 
subscreva já
newsletter diária jn
Receba diariamente no seu e-mail a Newsletter do JN e alertas de última hora
subscrever

 
 
Mais Justiça
18.09.15
A juíza de instrução criminal Maria Antónia Andrade decidiu não levar a julgamento o ministro Poiares Maduro, o comentador político Pacheco Pereira...
17.09.15
O Tribunal da Relação do Porto anulou o acórdão que condenou em março passado a penas de nove e sete anos e meio de prisão dois irmãos, que alegadamente...
 



Global Notícias - Media Group S.A. Todos os direitos reservados
Termos de Uso e Política de Privacidade |  Ficha Técnica |  Quem Somos |  Contactos |  Webmaster This website is ACAP-enabled