Pacheco Pereira admite que se sente desconfortável no PSD

| Política
Pacheco Pereira admite que se sente desconfortável no PSD

A ver: Pacheco Pereira admite que se sente desconfortável no PSD

Pacheco Pereira admite que se sente desconfortável no PSD e que se questiona a si próprio sobre a opção de continuar a ser militante do partido.

Garante que nunca apoiou qualquer candidatura contra os sociais democratas.

Numa entrevista à Antena 1, Pacheco Pereira reage a alguns dirigentes do PSD que consideram que devia tomar a iniciativa de abandonar o partido.

A informação mais vista

+ Em Foco

O Daesh alimenta-se de material bélico produzido em 25 países. É sobre este ponto - como chegou o grupo extremista a munir-se de um arsenal tão letal - que a Amnistia Internacional acaba de libertar um relatório.

    O académico e antigo dirigente social-democrata escreve as histórias de um homem que não conheceu pessoalmente, mas que continua a ser uma fonte de surpresas.

    Conheça as principais medidas incluídas no Programa do Executivo de António Costa, submetido ao Parlamento na sequência dos entendimentos entre socialistas, bloquistas, comunistas e verdes.

      A viragem política ocorrida há 40 anos tem sido celebrada como acto fundador da democracia. Por vezes até chegou a ser-lhe atribuído significado superior ao do 25 de Abril.