Nacional
Luísa Beirão e Ricardo Simões: a discussão violenta que terminou com a modelo no hospital
Luísa Beirão e Ricardo Simões - Gala GQ Men of the Year 17.10.15 Foto: Ricardo Santos/Lux
Vasco Pereira em 17 de Abril de 2017 às 15:19

Um autêntico pesadelo. Têm sido assim os últimos dias de Luísa Beirão, que, mais uma vez, se vê envolvida num escândalo de violência doméstica.

Cerca de cinco meses depois de se separar de Ricardo Simões, com quem namorou durante um ano e meio, a modelo e o empresário ter-se-ão envolvido numa violenta discussão, que terminou com a intervenção da polícia e a entrada de Luísa Beirão nas urgências do Hospital de São José, em Lisboa, com marcas de agressão.

A agência da manequim, Elite Lisbon, refere a “brutalidade do ataque” que a mesma terá sofrido na “sua própria casa na madrugada de dia 30 de março de 2017” e adianta que o caso está a ser investigado “pelas entidades competentes tendo por base os exames feitos pelo departamento de medicina legal”. Afirma ainda que “a Luísa e os seus filhos encontram-se sob proteção 24h por dia para garantir a sua segurança”.

Embora não seja mencionada a identidade do alegado agressor no comunicado enviado em nome de Luísa Beirão, tem sido a Ricardo Simões que se atribui esse papel. E é a própria modelo que acaba por insinuar que a origem da discussão teve a ver com o facto de o empresário não aceitar a separação:

“Todos temos o direito de seguir com a nossa vida e não é aceitável sofrer represálias por este facto. É muito triste que assim seja e tudo o que desejo é ser feliz com a minha família”, afirma a manequim, que ainda não surgiu em público desde o incidente e que cancelou, inclusivamente, a sua participação num desfile a 8 de abril, no Almada Fórum.

Contactado pela Lux, Ricardo Simões não quis prestar declarações e remeteu a sua resposta para um comunicado publicado nas suas redes sociais, onde nega as acusações e revela que discutirá o caso na justiça:

“Lamentavelmente o meu nome tem aparecido na praça pública com acusações e insinuações que falham integralmente a verdade, violando o meu nome e o meu caráter. Por respeito e proteção à minha filha e aos filhos da Luísa não vou interceder na esfera mediática para me defender e repor a verdade, irei apenas fazê-lo pelas vias legais.”

Apesar do empresário se refugiar no silêncio, a Lux sabe que o mesmo não pôs uma ordem de restrição a Luísa Beirão com o intuito de a impedir de se aproximar de si e da sua filha menor, contrariando algumas informações veiculadas na imprensa. Esta não é a primeira vez que Luísa Beirão se vê envolvida num caso de violência doméstica.

Recorde-se que, um ano depois de se divorciar do futebolista Miguel Pedrosa (pai dos seus dois filhos, Isabel, de 9 anos, e Frederico, de 6), a modelo moveu um processo contra o ex-marido onde o acusava de violência doméstica. O casal esteve junto durante 11 anos e, na altura da acusação, Luísa afirmou que sofreu agressões desde 2006 até ao fim do casamento, em 2011. Em tribunal, Miguel Pedrosa foi absolvido.

Já em 2014, o namoro de três anos com o empresário Filipe Gomes também terminou da pior maneira, com a modelo a interpor uma providência cautelar que impedia o ex-namorado de se aproximar de si e dos dois filhos.

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
Mercado
pub
Outros títulos desta secção